Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O futuro de Timor Leste depende da instrução

· Padre Nicolás na abertura do ano escolar do Colégio Santo Inácio de Loiola, em Kasait ·

Uma escola que nasceu «para ser parte integrante» do projecto de desenvolvimento da nação e que tenciona «colaborar» com o ministério da educação e com «todas as forças do país para preparar um futuro melhor» aos seus cidadãos.

Com estas palavras padre Adolfo Nicolás, prepósito geral da Companhia de Jesus, comentou a abertura do ano escolar no Colégio de Santo Inácio de Loiola, em Kasait, cidade na parte ocidental de Dili, capital de Timor Leste. Um projecto, explicou, que nasce não apenas com o objectivo de continuar a tradição jesuíta em tema de educação, mas que no caso concreto visa o desenvolvimento da nação. Aliás, os missionários, que chegaram a este território há cem anos, desde o início promoveram programas destinados à educação.

A estrutura, situada em Kasait, área rural situada a pouca distância da capital, é formada por uma escola secundária que começou a trabalhar em Janeiro de 2013 com uma classe composta por sete estudantes; até 2016 vai abrir também uma parte dedicada os cursos de actualização para professores. O projecto completo deveria concluir-se entre os próximos dez anos, com ulteriores possibilidades de expansão; logo que for terminado poderá hospedar até 540 estudantes, distribuídos em seis secções diferentes.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

18 de Setembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS