Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O exemplo da Albânia

· Entrevista a D. Mirdita na vigília da viagem papal ·

«Penso que o sofrimento e as aspirações do nosso povo estejam na base da decisão do Papa de visitar o nosso país. Ele mesmo mencionou em vários pronunciamentos o sofrimento do povo albanês, a perseguição religiosa sob o regime ateu e a convivência pacífica entre os vários grupos religiosos».

D. Rrok Mirdita, arcebispo de Tiranë-Durrës, explica deste modo o significado da visita que amanhã, domingo, Francisco realizará à Albânia, a primeira a um país europeu. E acrescenta: «O risco a nível político desta convivência tem o seu importante valor, porque a presença de pessoas pertencentes a várias confissões religiosas entre os responsáveis da vida pública ajuda a manter os equilíbrios sociais. Neste sentido a Albânia poderia representar um bom exemplo».«O nosso povo – frisa ainda o prelado – vê o Papa Francisco como uma guia moral muito influente. Todos admiram a sua simplicidade e coerência, a capacidade de falar directamente ao coração das pessoas, a firmeza com a qual denuncia os males do mundo de hoje, sobretudo o mal da corrupção, que aqui é um aspecto muito sensível, a sua clara tomada de posição da parte dos pobres, que são a maioria na terra albanesa. A sociedade civil espera palavras de encorajamento por parte do Papa, a incisividade das suas recomendações para os responsáveis da vida política, mas também mais atenção por parte da comunidade internacional em relação à Albânia, país que saiu de uma das ditaduras mais ferozes da Europa e que precisa de ajuda. Todos esperam que o encontro com o Papa Francisco reacenda a esperança».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS