Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O diálogo prevaleça sempre sobre as armas

· No final da prece mariana o Papa confiou à intercessão dos mártires a causa da paz ·

«Possa o Espírito Santo inspirar corajosos propósitos de paz e sustentar o compromisso de os fazer progredir, a fim de que o diálogo prevaleça sobre as armas, e o respeito pela dignidade do homem supere os interesses partidários»: foram estes os votos do Papa durante a prece do Regina Caeli.

Após a missa celebrada na basílica vaticana. O Sumo Pontífice recordou também a beatificação em Dresden (Alemanha), do sacerdote mártir Alojs Andritzki.


Estimados irmãos e irmãs, estou feliz por recordar que amanhã em Dresden, na Alemanha, será proclamado Beato Alojs Andritzki, sacerdote e mártir, morto pelos nacional-socialistas em 1943, com a idade de 28 anos. Louvemos ao Senhor por esta testemunha heróica da fé, que se acrescenta ao exército de quantos entregaram a vida em nome de Cristo nos campos de concentração. Gostaria de confiar à sua intercessão, hoje que é Pentecostes, a causa da paz no mundo. Possa o Espírito Santo inspirar corajosos propósitos de paz e sustentar o compromisso de os fazer progredir, a fim de que o diálogo prevaleça sobre as armas, e o respeito pela dignidade do homem supere os interesses partidários. O Espírito, que é vínculo de comunhão, guie os corações desviados pelo egoísmo e ajude a família humana a redescobrir e conservar com vigilância a sua unidade fundamental.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

17 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS