Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

«O dia no qual Deus a quis mulher e não homem»

«O génio feminino é uma riqueza para a sociedade e também para a Igreja, mas com frequência sentimos medo do diverso; o que é diverso representa para muitos não tanto uma riqueza mas uma ameaça», afirma irmã Viviana Ballarin, presidente da Usmi (União das Superioras Maiores da Itália), da qual dependem todas as ordens religiosas femininas italianas, num total de mais de setenta mil religiosas. «Portanto, confiam às mulheres, inclusive às que têm muitos títulos de estudo, serviços e papéis secundários e executivos», continua a irmã Viviana, notando como em  numerosos organismos eclesiásticos muitas mulheres desempenham tarefas não adequadas aos próprios estudos e preparação. «Ainda é muito raro que na Igreja sejam confiados às mulheres papéis mais representativos, quero dizer de responsabilidade decisória. É muito raro que possam sentar às mesas onde se pensa ou se programa. Quando nas culturas, nas sociedades e também na Igreja não é respeitado o projecto da criação  incorre-se no machismo ou no feminismo. Os ismos ou outros, representam sempre algo negativo». O problema é de uma influência cultural que «condiciona também a Igreja dos homens. Mas não a Igreja de Cristo, Com efeito, Jesus, na vida terrena deu exemplos maravilhosos de ruptura com leis muito desfavoráveis em relação às mulheres». À jornalista  Franca Giansoldati («Il Messaggero») que lhe perguntou se desejava o sacerdócio feminino, respondeu não: «Como mulher sinto-me plenamente realizada na minha identidade e na minha missão. O que conta deveras para cada mulher é viver a diaconia e o sacerdócio que foram impressos na carne como fogo  no dia em que Deus a quis mulher e não homem».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

26 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS