Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O debate sobre o primado na Igreja

· Constantinopla responde ao documento aprovado pelo sínodo ortodoxo russo ·

«O primado do arcebispo de Constantinopla nada tem a ver com os dípticos, os quais exprimem simplesmente uma classificação hierárquica, que em termos contraditórios o texto do patriarcado de Moscovo admite implicitamente mas nega explicitamente. 

Se falamos da fonte de um primado, então é a fonte do primado e a pessoa do arcebispo de Constantinopla, que como bispo é um «entre iguais» mas como arcebispo de Constantinopla é primeiro-hierarca sem iguais, primus sine paribus»: conclui-se assim o documento intitulado precisamente Primus sine paribus, escrito pelo metropolita de Bursa, Elpidophoros Lambriniadis, resposta explícita do patriarcado ecuménico de Constantinopla ao texto - adoptado pela sessão do sínodo da Igreja ortodoxa russa realizado a 25 e 26 de Dezembro de 2013 – relativo à posição do patriarcado de Moscovo acerca do primado na Igreja universal.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS