Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O bispo de Roma em Casal del Marmo

· Para a missa in cena Domini da Quinta-Feira Santa ·

O Papa Francisco escolheu os jovens prisioneiros de Casal del Marmo (bairro periférico de Roma) para o tradicional gesto do lava-pés na Quinta-Feira Santa. A notícia foi dada esta manhã, quinta-feira 21 de Março, na Sala de Imprensa da Santa Sé. «Como arcebispo de Buenos Aires – lê-se no comunicado – o cardeal Bergoglio  costumava celebrar» a missa in cena Domini «numa prisão, num hospital ou num lar para pobres ou pessoas marginalizadas». Por conseguinte, com a escolha de ir à prisão para menores, o Papa Francisco decidiu dar continuidade a este seu agir e manter aquela simplicidade com a qual sempre viveu este momento.

Portanto no próximo dia 28 de Março, o Santo Padre celebrará de manhã na Basílica de São Pedro a missa crismal e à tarde, às 17h30, irá à prisão para menores de Casal del Marmo para a «Missa na Ceia do Senhor», celebração – prossegue a Sala de Imprensa – caracterizada «pelo anúncio do Mandamento do amor e do gesto do lava-pés». O comunicado concluiu-se com a confirmação de que «as outras celebrações da Semana Santa desenrolar-se-ão, ao contrário, segundo os costumes habituais, como resultará da Notificação do Departamento das Celebrações Litúrgicas».

No vasto conjunto arquitectónico do Instituto, os presos de sexo masculino estão alojados em dois prédios de 24 lugares cada uma; um terceiro prédio hospeda a secção feminina, com outros 24 lugares. Nelas têm lugar actividades escolares e pré-escolares para os analfabetos. Estão previstas também actividades de formação profissional com laboratórios de  carpintaria, tapeçaria  e pizaria. E, para as moças, há um laboratório de costura.

Também Bento XVI e João Paulo II tinham visitado esta prisão. O Papa Ratzinger tinha celebrado a missa a 18 de Março de 2007, quarto domingo de Quaresma, na capela do «Pai Misericordioso». O Papa Wojtyla tinha  visitado este instituto  na tarde de 6 de Janeiro de 1980, solenidade da Epifania. Era acompanhado pelo seu Secretário de Estado Cardeal Casaroli, o qual estava particularmente comprometido no cuidado pastoral para os jovens presos de Casal del Marmo, onde era conhecido simplesmente como Padre Agostinho.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

19 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS