Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Novo serviço de podologia

· ​No ambulatório médico-sanitário da Esmolaria ·

Há os conhecidos «calos», cientificamente chamados hiperceratoses, mas também unhas encravadas e as hipertróficas entre as patologias mais frequentes dos pés que a partir de segunda-feira, 14 de março, encontram cuidado e tratamento no «Ambulatório médico-sanitário» da Esmolaria Apostólica. Montado na colunata da praça de São Pedro, precisamente ao lado do serviço de chuveiros e barbearia, ocupar-se-á de efetuar uma primeira intervenção para as patologias mais comuns dos pés que, para quantos vivem na rua, é fonte de doloroso mal-estar.

Como explicou o esmoler, arcebispo Konrad Krajewski, o serviço é gratuito e garantido pela Associação italiana de podólogos. O projeto, guiado por Mauro Montesi, professor e coordenador do curso de formação em podologia da Universidade La Sapienza de Roma e presidente da Associação italiana de podólogos, prevê para o momento, a presença na segunda-feira, das 8h30 às 12h00, de um especialista e de três estudantes do terceiro ano do curso de podologia. Prevê-se ainda que pouco a pouco, a assistência será ampliada e os dias de abertura serão mais numerosos. Explica a podóloga Silvana De Luca, que fará o turno no primeiro dia de abertura, que são cinco os especialistas que se alternarão semanalmente na estrutura, coadjuvados por três estudantes diversos. Num breve futuro, pensa-se na aquisição de ulteriores aparelhos médicos, como para o tratamento das onicocriptoses, de maneira que se possa intervir eficazmente nas patologias.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

19 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS