Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Nós pertencemos à verdade

· Missa do Papa no seminário de Verão dos Ratzinger Schülerkreis ·

Foi a visão profética do ecumenismo o que mais ficou impresso na mente dos ex-alunos de Bento XVI – reunidos no chamado Ratzinger Schülerkreis – que na segunda-feira 3 de Setembro concluíram o tradicional seminário de Verão no centro Mariápolis de Castel Gandolfo, depois de terem participado na manhã de domingo na missa celebrada por Bento XVI. Explica ao nosso jornal o bispo Barthélemy Adoukonou, secretário do Pontifício Conselho para a Cultura, fazendo um primeiro balanço dos dias de estudo e reflexão nos quais participou.

O prelado recorda que na homilia improvisada Bento XVI tocou o ponto  principal do que foi debatido durante o encontro e lançou um grito de alarme. As palavras do Papa foram claras, explica o bispo, quando disse que já não temos a coragem de crer na verdade ou falar sobre ela. Afirmar que temos a verdade nos nossos dias significa ser intolerantes.

Com efeito, recorda o prelado, o Pontífice realçou que ninguém pode dizer que possui a verdade, porque ela é um dom de Deus e portanto somos nós que pertencemos a ela e não nós que a temos.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

16 de Setembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS