Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

No caminho de Cristo

· O Romano Pontífice presidiu ao consistório ordinário público para a criação de vinte e quatro cardeais ·

Roma, 20 de Novembro de 2010

O Sumo Pontífice Bento XVI realizou na manhã de 20 de Novembro de 2010, na Basílica Vaticana, o Consistório Ordinário Público para a criação de novos cardeais.

O Santo Padre chegou às 10h30 à Basílica juntamente com os Senhores Cardeais e tomou lugar na Cátedra. Depois de ter dirigido à assembleia a saudação litúrgica, o Papa leu a fórmula de criação dos Cardeais, proclamando os seus nomes:

— Angelo Amato, s.d.b., Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos;

— Antonios Naguib, Patriarca de Alexandria dos Coptas (Egipto);

— Robert Sarah, Presidente do Pontifício Conselho «Cor Unum»;

— Francesco Monterisi, Arcipreste da Basílica Papal de São Paulo fora dos Muros;

— Fortunato Baldelli, Penitenciário-Mor;

— Raymundo Leo Burke, Prefeito do Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica;

— Kurt Koch, Presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos;

— Paolo Sardi, Vice-Camerlengo da Santa Igreja Romana;

— Mauro Piacenza, Prefeito da Congregação para o Clero;

— Velasio De Paolis, c.s., Presidente da Prefeitura para os Assuntos Económicos da Santa Sé;

— Gianfranco Ravasi, Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura;

— Medardo Joseph Mazombwe, Arcebispo emérito de Lusaka (Zâmbia);

— Raúl Eduardo Vela Chiriboga, Arcebispo emérito de Quito (Equador);

— Laurent Mosengwo Pasinya, Arcebispo de Kinshasa (República Democrática do Congo);

— Paolo Romeo, Arcebispo de Palerno (Itália);

— Donald William Wuerl, Arcebispo de Washington (eua);

— Raymundo Damasceno Assis, Arcebispo de Aparecida (Brasil);

— Kazimierz Nycz, Arcebispo de Varsóvia (Polónia);

— Arbert Malcolm Ranjith Patabendige Don, Arcebispo de Colombo (Sri Lanka);

— Reinhard Marx, Arcebispo de München und Freising (República Federal da Alemanha);

— José Manuel Estepa Llaurens, Arcebispo Ordinário Militar emérito (Espanha);

— Elio Sgreccia, ex-Presidente da Pontifícia Academia para a Vida (Itália);

— Walter Brandmüller, ex-Presidente do Pontifício Comité das Ciências Históricas (República Federal da Alemanha);

— Domenico Bartolucci, ex-Maestro Director da Pontifícia Capela Musical (Itália).

Em seguida, o Santo Padre recebeu uma calorosa saudação de homenagem e de gratidão do primeiro dos Cardeais, Sua Em.cia Angelo Amato. Pouco depois, o Papa pronunciou a homilia. Seguiram-se a imposição do barrete aos novos Cardeais e a atribuição a cada um deles do Título ou da Diaconia.

A cerimónia concluiu-se com a Bênção Apostólica, que o Santo Padre concedeu aos presentes.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Setembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS