Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​No caminho das bem-aventuranças

· ​Celebrados na basílica do Vaticano o funeral do cardeal Dias ·

No início da tarde de quarta-feira 21 de junho, no altar da Cátedra da basílica do Vaticano, o Papa Francisco presidiu ao rito da «ultima commendatio» e da «valedictio» no final das exéquias do cardeal Ivan Dias, arcebispo emérito de Bombaim e prefeito emérito da Congregação para a evangelização dos povos, falecido em Roma na segunda-feira de 19 de junho. Acompanhado pelo arcebispo Gänswein, prefeito da Casa Pontifícia, Francisco chegou no final da missa fúnebre celebrada pelo cardeal decano.

Com ele concelebraram vinte e sete cardeais, entre os quais Parolin, secretário de Estado, além de dezassete prelados – entre os quais o arcebispo Gallagher, secretário para as Relações com os Estados – e setenta sacerdotes. Assistiram ao rito, entre outros, os monsenhores Camilleri, subsecretário para as Relações com os Estados, e Bettencourt, chefe do Protocolo, juntamente com os membros do corpo diplomático acreditado junto da Santa Sé. Entre os presentes, o irmão do purpurado falecido. Os despojos do cardeal Ivan Dias serão sepultados na capela de Propaganda Fide no cemitério romano do Verano.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

19 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS