Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Nenhum medo do outro

· As palavras de Bartolomeu ·

«Há cinquenta anos, dois grandes guias da Igreja, o Papa Paulo VI e o Patriarca Ecuménico Atenágoras, afastaram o temor que tinha prevalecido por um milénio, um medo que manteve as duas antigas Igrejas, a ocidental e a oriental, distantes uma da outra, às vezes até constituindo-se uns contra os outros. Ao contrário, desde quando se puseram diante deste espaço sagrado, eles transformaram o medo em amor. E aqui estamos com Sua Santidade o Papa Francisco, como seus sucessores, seguindo as suas pegadas e honrando a sua iniciativa heróica. Demos um abraço de amor, para continuar o caminho rumo à plena comunhão no amor e na verdade».

Disse o Patriarca Bartolomeu, durante a celebração ecuménica realizada na tarde de domingo no Santo Sepulcro em Jerusalém.

O texto integral da homilia do patriarca Bartolomeu

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

16 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS