Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Nas pegadas de Isaías

· Peregrinação a Roma de dez mil ministrantes ·

Na parte da tarde o encontro com Francisco na praça de São Pedro

«Eis-me aqui, envia-me a mim»: o versículo do livro do profeta Isaías (6, 8) é o slogan da peregrinação dos ministrantes que hoje à tarde, terça-feira 4 de Agosto, se encontram com o Papa Francisco na praça de São Pedro.

O Pontífice preside a celebração das vésperas com dez mil jovens provenientes de vinte e três nações, sobretudo europeias, que se reúnem em Roma, enchendo as ruas do centro com os característicos lenços de cores diversas de acordo com o grupo linguístico. Os três dias, que iniciaram na segunda-feira 3, concluir-se-ão na quarta-feira 5. Cantos, danças e testemunhos ritmam a expectativa antes que o papamóvel realize a volta entre as várias secções da praça.

O evento foi organizado, como já é tradição, pelo Coetus internationalis ministrantium (Cim), associação fundada em 1960 com a finalidade de reunir os responsáveis diocesanos e quantos se interessam pela pastoral dos ministrantes. Dele fazem parte representantes de numerosos países europeus: Alemanha, Áustria, Bélgica, Croácia, França, Hungria, Itália, Luxemburgo, Portugal, Roménia, Sérvia, Eslováquia, Suíça. O objectivo principal é favorecer a partilha; e a peregrinação a Roma permite que dezenas de milhares de jovens vivam uma experiência única para o seu serviço, ajudando-os a redescobrir a beleza da pertença à Igreja universal. De facto, os numerosos jovens que vêm à Urbe ao voltar para as suas comunidades de proveniência tornam-se missionários entre os coetâneos. 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS