Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Nas mãos da Mambisa

· Mensagem para a festa da Virgem da Caridade do Cobre venerada em Cuba ·

«Alegria para viver, coragem para servir e perseverança nas boas obras»: eis quanto o Papa confiou aos fiéis cubanos numa mensagem enviada ao presidente dos bispos da ilha, D. García Ibáñez, por ocasião da festa da Virgem da Caridade do Cobre, que se celebra a 8 de Setembro.

Recordando que há poucos dias tinha sido colocada uma estátua de Nossa Senhora da Caridade do Cobre nos Jardins do Vaticano, o Papa destacou que «das montanhas de El Cobre, e agora da Sé de Pedro, esta pequena e abençoada figura de Maria, torna maior a alma de quantos a invocam com devoção, porque nos conduz a Jesus, seu Filho divino». «Através de quatro verbos - alegrar-se, levantar-se e perseverar - o Papa indicou também a lição que a Mãe de Deus oferece hoje aos pastores e aos fiéis. «Sentir alegria e compartilhá-la com aqueles que nos rodeiam, elevar o coração e não sucumbir diante das adversidades, permanecer no caminho do bem, ajudando incansavelmente quantos são oprimidos por sofrimentos e angústias: estas são as lições importantes que a Virgem da Caridade do Cobre nos ensina, úteis para hoje e amanhã», disse o Papa Francisco. «Nas suas mãos maternas – concluiu - coloco os pastores, as comunidades religiosas e os fiéis de Cuba, a fim de que Ela encoraje o seu compromisso evangelizador e a sua vontade de fazer com que o amor se torne a pedra angular da sociedade».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

18 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS