Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Não às portas fechadas

· Na audiência geral o Papa Francisco recomendou acolhimento e cura para as famílias feridas ·

«Não às portas fechadas!» repetiu o Papa Francisco durante a audiência geral de quarta-feira 5 de Agosto, exortando os cristãos a garantir acolhimento e cura pastoral a quantos empreenderam uma nova união após o fracasso do matrimónio sacramental.

Concluída a pausa do mês de Julho, o Pontífice retomou na Sala Paulo VI os encontros semanais com os fiéis. E dando continuidade ao ciclo de catequeses dedicadas à família, reflectiu sobre a situação dos «baptizados que estabeleceram uma nova convivência» depois «do fracasso irreversível do seu vínculo matrimonial».

A Igreja «bem sabe que tal situação está em contraste com o sacramento cristão» garantiu a propósito Francisco; sem esquecer, contudo, que existe uma «diferença entre quem sofreu a separação em relação a quem a provocou» e que, de qualquer forma, «estas pessoas não estão excomungadas de maneira alguma e não devem ser absolutamente tratadas como tais: elas fazem sempre parte da Igreja».

Em particular o Papa recomendou que se considere as repercussões que essas situações podem ter em relação aos filhos pequenos: «devemos fazer de modo que não se acrescentem outros pesos além dos que os filhos, nessas circunstâncias, já se encontram a ter que suportar», exortou. Eis então o apelo dirigido a todos os cristãos, para que se comprometam a «cuidar das famílias feridas, acompanhando-as na vida de fé da comunidade». Cada um está chamado a fazer «a sua parte, assumindo a atitude do Bom Pastor, o qual conhece cada uma das suas ovelhas e não exclui nenhuma do seu amor infinito».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

24 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS