Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Não à escravidão das crianças-soldado

· Vídeo do Papa Francisco para a Rede mundial de oração ·

O Papa fita diretamente a câmara e, em espanhol, diz: «Quem quer que tu sejas, se te comoveres como eu, peço-te que te unas nesta intenção de oração: para que seja eliminado em todas as partes do mundo o flagelo dos meninos-soldado». Eis o apelo lançado no vídeo transmitido em rede (www.thepopevideo.org com as legendas em seis línguas) para propor a intenção universal de oração do mês de dezembro.

Um filme breve e tocante, com uma criança que, com o rosto coberto com um lenço, veste uma farda e traz um cinto de cartuchos cheios de munição. No momento em que se faz reconhecer, revela-se a sua identidade e passam as imagens do que deveria ser a sua vida: uma corrida na relva atrás de uma bola, a lição na sala de aula, o jogo com um grupo de amigos. «Neste mundo que desenvolveu as tecnologias mais sofisticadas — frisa Francisco — vendem-se armas que acabam nas mãos das crianças-soldado». E nós, acrescenta com veemência, «devemos fazer tudo o que for possível para que a dignidade das crianças seja respeitada e para que se ponha fim a esta forma de escravidão».

Como aqueles dos meses precedentes, o vídeo é produzido e distribuído pela agência La Machi, em colaboração com o Centro televisivo do Vaticano e faz parte das iniciativas da Rede mundial de oração do Papa (Apostolado da oração), que se podem encontrar na (www.popesprayer.net) juntamente com subsídios para a oração pessoal e com informações para aderir com ofertas particulares aos numerosos projetos promovidos.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

13 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS