Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Não é digna do homem uma sociedade que discrimina os mais frágeis

· À comunidade de Capodarco ·

Uma sociedade «que reservasse espaço só às pessoas plenamente funcionais» não seria «digna do homem», afirmou o Papa dirigindo-se aos membros da comunidade de Capodarco, recebidos em audiência na manhã de 25 de fevereiro na sala Paulo VI. «A qualidade de vida de uma sociedade mede-se em boa parte pela sua capacidade de incluir os mais frágeis e necessitados, no respeito real pela sua dignidade de homens e mulheres. E a maturidade só se alcança quando tal inclusão não é sentida como algo extraordinário, mas normal».

Discurso do Papa

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

12 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS