Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Não devemos parar

· Continuar no caminho ecuménico com os luteranos ·

«A unidade reconciliada entre os cristãos é parte indispensável» do anúncio do Evangelho, recordou o Pontífice durante a audiência à presidência da Federação luterana mundial – realizada na manhã de quinta-feira 7 de dezembro – exortando a não parar ao longo do caminho ecuménico e a continuar a «dar passos concretos e a estender a mão». Isso significa, explicou, «comprometer-nos sobretudo na caridade, olhando para os pobres, para os irmãos mais pequeninos do Senhor: são os nossos indicadores preciosos ao longo do caminho».

O mesmo convite foi dirigido pelo Pontífice aos membros do Conselho nacional das Igrejas de Taiwan, recebidos sucessivamente na Sala do Consistório. «Continuemos a caminhar juntos – pediu-lhes – na primazia da caridade rumo ao dia em que for realizado o desejo de Jesus: “sejam um só”».

No mesmo dia, Francisco encontrou-se também com o pequeno coro Mariele Ventre do Antoniano de Bolonha, que celebra o sexagésimo aniversário do “Zecchino d’oro”, e as delegações polaca e italiana que doaram a árvore de Natal e o presépio montados na praça de São Pedro.

À presidência da Federação luterana mundial 

Aos membros do Conselho nacional das Igrejas de Taiwan 

Ao pequeno coro Mariele Ventre do Antoniano de Bolonha 

Às delegações polaca e italiana 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

24 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS