Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Paz e diálogo

· ​Na sexta-feira 30 de setembro a partida para a viagem à Geórgia e ao Azerbaijão ·

Terá uma dimensão sobretudo ecuménica e inter-religiosa, e será ocasião para uma forte mensagem de paz e reconciliação entre os povos, a viagem que de 30 de setembro a 2 de outubro levará o Pontífice primeiro à Geórgia e depois ao Azerbaijão. Um itinerário que, além da visita às pequenas comunidades católicas locais — em Tbilisi, aliás, pela primeira vez um Papa entrará numa igreja caldeia — terá no centro o diálogo com a Igreja ortodoxa na Geórgia e com o xeque dos muçulmanos do Cáucaso no Azerbaijão, onde está previsto também o encontro com os representantes das várias comunidades religiosas do país. São as notas características da segunda etapa — depois daquela à Arménia (de 24 a 26 de junho passado) — do itinerário caucásico do Papa Francisco. Quem as ilustrou detalhadamente foi o diretor da Sala de imprensa da Santa Sé, Greg Burke, que na manhã de segunda-feira 26 teve um briefing com os jornalistas.

A décima sexta viagem apostólica do Pontífice (Geórgia e Azerbaijão foram visitados também por João Paulo II, respetivamente em 1999 e em 2002) terá início na manhã de sexta-feira 30 de setembro no aeroporto de Fiumicino. A chegada a Tbilisi está prevista para as 15h aprox. (horário local). O histórico encontro com a comunidade assírio-caldeia e com o patriarca Louis Raphaël I Sako, terá lugar no final da tarde, na igreja de São Simeão Bar Sabbae.

No domingo 2 de outubro, começará a visita ao Azerbaijão, com a chegada a Baku prevista para as 9h30. Neste caso, a missa com a pequena comunidade católica será o primeiro encontro na agenda.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS