Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

À mesa da liberdade


· Na missa do Corpus Christi o Papa indicou no pão eucarístico o alimento verdadeiro que sacia a fome do homem ·

O «verdadeiro alimento» que sacia a fome do homem é o pão eucarístico, recordou o Papa na homilia da missa celebrada no final da tarde de quinta-feira, 19 de Junho, solenidade do Corpus Christi, no adro da basílica de São João de Latrão. O Pontífice chegou por volta das 19h00 ao Palácio lateranense, onde foi recebido pelo cardeal vigário Agostino Vallini. 

Vinte e um cardeais participaram na celebração, entre os quais Pietro Parolin, secretário de Estado, e numerosos prelados, entre os quais os arcebispos Angelo Becciu, substituto da Secretaria de Estado, e Dominique Mamberti, secretário para as Relações com os Estados, monsenhor Antoine Camilleri, subsecretário para as Relações com os Estados, e o arcebispo vice-regente, Filippo Iannone, com os bispos auxiliares de Roma.

No final dos ritos de comunhão teve início a procissão aux flambeaux, na qual participaram confrarias e institutos, leigos do vicariato, associações eucarísticas, cavalheiros do Santo Sepulcro e de Malta, religiosas, religiosos, sacerdotes, seminaristas e diáconos, párocos de Roma, e cónegos lateranenses, crianças da primeira comunhão, prelados, bispos, arcebispos e cardeais. No carro branco que levava o ostensório subiram dois diáconos, enquanto o cardeal Vallini seguiu-o a pé. E atrás dele muitíssimos fiéis seguiram o cortejo. O Papa esperou em pé, no centro do adro da catedral de Roma, que todo o cortejo se encaminhasse ao longo da via Merulana. No final da procissão o ostensório foi colocado sobre o altar preparado diante da basílica de Santa Maria Maior. Dali o Papa Francisco, depois de ter incensado o Santíssimo Sacramento ao cântico do Tantum ergo, concedeu a bênção eucarística.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

15 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS