Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Paz e prosperidade para a África

· Mensagens vídeo do Papa às populações do Quénia, Uganda e República Centro-Africana ·

Paz e prosperidade para as queridas terras do Quénia, Uganda e República Centro-Africana: invocou-as o Papa Francisco a poucos dias do início da sua primeira viagem à África.

Numa mensagem vídeo às populações do Quénia e Uganda o Pontífice frisou que deseja levar uma «mensagem de reconciliação perdão e paz». À comunidade católica, acrescentou, pretende pedir que «abram o coração aos pobres e aos necessitados» e aos crentes das outras religiões e às pessoas de boa vontade que «promovam a compreensão e o respeito recíprocos» e «se apoiem uns aos outros, como membros da nossa única família humana». Por fim, dirigiu um pensamento aos jovens que «são o vosso maior recurso e a nossa esperança mais promissora para um futuro de solidariedade, paz e progresso».

Noutra mensagem vídeo aos fiéis da República Centro-Africana, Francisco expressou o desejo de que a visita possa «contribuir para sarar as feridas e para abrir um futuro mais sereno» para o país «e para todos os seus habitantes». De facto, recordou, «há demasiado tempo, ele vive numa situação de violência e de insegurança», com muitas vítimas inocentes». Por conseguinte, a finalidade da viagem papal é levar «em nome de Jesus, o conforto da consolação e da esperança». Portanto, independentemente das etnias e das religiões professadas, Francisco visitará a República Centro-Africana «como mensageiro de paz», para «apoiar o diálogo inter-religioso» e «encorajar o convívio pacífico».

Por fim, o Papa Francisco expressou particular alegria pela possibilidade de abrir – «um pouco antes do previsto no calendário – o ano jubilar da misericórdia. E a tal propósito concluiu com a esperança de que ele «possa ser ocasião providencial para um perdão autêntico, a receber e a dar, e para uma renovação no amor».

Mensagem vídeo para o Quénia e Uganda 

Mensagem vídeo para a República Centro-Africana  

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

25 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS