Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Mãe dos descartados

· ​Oração à Virgem de Aparecida ·

A Virgem de Aparecida, padroeira do Brasil, a partir de hoje vigia também sobre a Cidade do Vaticano. A sua imagem – colocada nos jardins do Vaticano, nas proximidades da gruta de Nossa Senhora de Lurdes – foi inaugurada e abençoada na presença do Papa. A obra do artista brasileiro Cláudio Pastro pretende celebrar também os trezentos anos do achamento da imagem nas águas do rio Paraíba, que aconteceu em 1717. Nela está de facto representada a cena da descoberta da imagem: na base um barco, ao lado do qual se veem três pescadores e uma rede estilizada com diversos peixes.

No início da cerimónia o cardeal Bertello, presidente do Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano, agradeceu ao Pontífice a sua presença e frisou como a partir de agora os peregrinos que visitarem os jardins, observando a imagem da Aparecida, serão convidados a refletir acerca do papel de Maria. Invocou a seguir a proteção da padroeira do Brasil para Francisco e para quantos vivem e trabalham no Vaticano. Por seu lado o cardeal Raymundo Damasceno Assis, arcebispo de Aparecida – que guiou a oração e abençoou a imagem – agradeceu ao Papa a sua visita ao Brasil em 2013 e recordou os trabalhos da quinta Conferência geral do episcopado latino-americano e do Caribe realizada em 2007 precisamente em Aparecida. O purpurado apresentou também os cerca de duzentos peregrinos brasileiros que animaram a cerimónia com o canto a Nossa Senhora.

As palavras do Papa 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

17 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS