Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Lâmpada eucarística

· ​Em Nápoles a beatificação de Maria Gargani ·

«Quer quando era leiga, terciária ou apóstola da fé católica, quer na qualidade de religiosa, de superiora-geral, foi incansável e corajosa ao testemunhar a fé em todos os ambientes, sobretudo naqueles da escola pública e das áreas rurais», recordou o cardeal Angelo Amato presidindo, em representação do Papa Francisco, ao rito de beatificação de Maria Crucificada do Amor Divino, no século Maria Gargani, fundadora da congregação das irmãs apóstolas do Sagrado Coração. O rito foi celebrado na manhã de sábado, 2 de junho, na catedral de Nápoles, na presença dos cardeais Crescenzio Sepe, pastor da arquidiocese campana, e de Philippe Nakellentuba Ouédraogo, arcebispo de Ouagadougou. 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Setembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS