Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Juntamente com as vítimas

O Papa Francisco encontrou-se com duas mulheres italianas vítimas de abusos do clero. Quem o referiu foi o padre Hans Zollner, da Pontifícia comissão para a tutela dos menores. As vítimas entregaram ao Papa dois livros, publicados este ano: Giulia e il lupo e Vorrei risorgere dalle mie ferite. O primeiro fala da experiência de uma jovem abusada por um sacerdote na Itália. O outro é sobre as mulheres consagradas, que são abusadas por sacerdotes. «O Papa – referiu o padre Zollner – ficou muito impressionado com aquilo que estas mulheres disseram e pediu para poder seguir também esta vicissitude». O padre Zollner antecipou ainda que está em fase de estudo a instituição de um dia de oração pelas vítimas, uma vigília penitencial e a realização de um modelo-guia para as Conferências episcopais.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

25 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS