Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Jesus homem da periferia

· Aos participantes no congresso missionário italiano o Papa recorda os sofrimentos do Médio Oriente ·

Aos participantes no IV congresso missionário nacional promovido pela Conferência episcopal italiana, recebidos em audiência na manhã de sábado, 22 de Novembro, na sala Paulo VI, o Papa Francisco dirigiu a exortação a não se deixar roubar «o sonho de mudar o mundo com o Evangelho», começando pelas periferias humanas e existenciais, porque o «próprio Jesus foi um homem da periferia».

«Na Exortação apostólica Evangelii gaudium – frisou o Pontífice – falei de “Igreja em saída”. Uma Igreja missionária não pode deixar de ser “em saída”, não tem medo de encontrar, de descobrir as novidades, de falar da alegria do Evangelho. A todos, sem distinções. Não para fazer prosélitos, mas para dizer o que temos e queremos partilhar com todos sem forçar, sem distinção. As diversas realidades que representais na Igreja italiana indicam que o espírito da missio ad gentes deve tornar-se o espírito da missão da Igreja no mundo: sair, ouvir o brado dos pobres e dos distantes, encontrar todos e anunciar a alegria do Evangelho».

O texto integral do discurso do Papa 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

11 de Dezembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS