Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Intenções do Apostolado da oração

· Confiadas pelo Pontífice para o ano de 2015 ·

Publicamos a seguir o texto das intenções – universal e pela evangelização – que, segundo a tradição, o Papa confiou ao Apostolado da Oração para o ano de 2015.


Janeiro

Universal: Para que quantos pertencem às diferentes tradições religiosas e todos os homens de boa vontade colaborem na promoção da paz.

Pela evangelização: A fim de que neste ano dedicado à vida consagrada os religiosos e as religiosas voltem a encontrar a alegria do seguimento de Cristo e trabalhem com zelo ao serviço dos pobres.

Fevereiro

Universal: Para que os prisioneiros, em particular os jovens, tenham a possibilidade de reconstruir uma vida digna.

Pela evangelização: A fim de que os cônjuges que se separaram encontrem acolhimento e apoio na comunidade cristã.

Março

Universal: Para que quantos estão comprometidos na investigação científica se ponham ao serviço do bem integral da pessoa humana.

Pela evangelização: A fim de que seja cada vez mais reconhecida a contribuição própria da mulher para a vida da Igreja.

Abril

Universal: Para que os homens aprendam a respeitar a criação e a preservá-la como dom de Deus.

Pela evangelização: A fim de que os cristãos perseguidos sintam a presença confortadora do Senhor Ressuscitado e a solidariedade da Igreja inteira.

Maio

Universal: Para que, rejeitando a cultura da indiferença, possamos cuidar dos sofrimentos do próximo, particularmente dos doentes e dos pobres.

Pela evangelização: A fim de que a intercessão de Maria ajude os cristãos que vivem em contextos secularizados a tornar-se disponíveis para anunciar Jesus.

Junho

Universal: Para que os migrantes e os refugiados encontrem acolhimento e sejam tratados com respeito nos países receptores.

Pela evangelização: A fim de que o encontro pessoal com Jesus suscite em muitos jovens o desejo de lhe oferecer a própria existência no sacerdócio ou na vida consagrada.

Julho

Universal: Para que a responsabilidade política seja vivida a todos os níveis como forma alta de caridade.

Pela evangelização: A fim de que os cristãos na América Latina, diante das desigualdades sociais, possam dar testemunho de amor pelos pobres e contribuir para uma sociedade mais fraterna.

Agosto

Universal: Para que quantos trabalham no campo do voluntariado se comprometam com generosidade ao serviço dos necessitados.

Pela evangelização: A fim de que, saindo de nós mesmos, saibamos tornar-nos próximos de quantos se encontram nas periferias dos relacionamentos humanos e sociais.

Setembro

Universal: Para que aumentem as oportunidades de formação e de trabalho para todos os jovens.

Pela evangelização: A fim de que os catequistas sejam na sua vida testemunhas coerentes da fé que eles anunciam.

Outubro

Universal: Para que seja erradicado o tráfico de pessoas, forma moderna de escravidão.

Pela evangelização: A fim de que, com espírito missionário, as comunidades cristãs do Continente asiático anunciem o Evangelho àqueles que ainda o esperam.

Novembro

Universal: Para que saibamos abrir-nos ao encontro pessoal e ao diálogo com todos, inclusive com quantos têm convicções diferentes das nossas.

Pela evangelização: A fim de que os pastores da Igreja, amando profundamente a sua grei, possam acompanhar o seu caminho e manter viva a sua esperança.

Dezembro

Universal: Para que todos nós possamos fazer a experiência da misericórdia de Deus, que nunca se cansa de perdoar.

Pela evangelização: A fim de que as famílias, de modo especial aquelas que sofrem, encontrem no nascimento de Jesus um sinal de esperança segura.

Vaticano, 3 de Janeiro de 2014.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS