Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Instituído o Ordinariato pessoal de Nossa Senhora de Walsingham

· Para os pastores e os fiéis anglicanos que entram em comunhão com a Igreja católica ·

Em conformidade com as disposições da constituição apostólica Anglicanorum coetibus de Bento XVI, de 4 de Novembro de 2009, e depois de cuidadosa consulta com a Conferência episcopal da Inglaterra e País de Gales, a Congregação para a Doutrina da Fé erigiu no dia 15 de Janeiro, um Ordinariato pessoal no território da Inglaterra e País de Gales para os grupos de pastores e fiéis anglicanos que expressaram o próprio desejo de entrar em comunhão plena e visível com a Igreja católica.

O decreto que institui o Ordinariato especifica que será denominado «Ordinariato Pessoal de Nossa Senhora de Walsingham» e terá como padroeiro o beato John Henry Newman.

O ordinariato pessoal é uma estrutura canónica que consente uma reunião de forma corporativa, de modo a permitir àqueles que eram anglicanos entrar em plena comunhão com a Igreja católica, conservando elementos do seu património anglicano característico. Com tal estrutura, a constituição apostólica Anglicanorum coetibus visa compor, por um lado, a intenção de salvaguardar, dentro da Igreja Católica, as venerandas tradições litúrgicas, espirituais e pastorais anglicanas e, por outro, o facto de que estes novos grupos e os respectivos pastores sejam plenamente integrados na Igreja católica.

Por razões doutrinais, a Igreja não admite em hipótese alguma a ordenação episcopal de homens casados. Todavia, a constituição apostólica prevê, em determinadas condições, a ordenação como sacerdotes católicos de ministros casados ex-anglicanos.

A 15 de Janeiro, na catedral de Westminster em Londres, D. Vincent Nichols, arcebispo de Westminster, ordenou sacerdotes católicos três ex-bispos anglicanos: os reverendos Andrew Burnham, Keith Newton e John Broadhurst.

No mesmo dia, Bento XVI nomeou o reverendo Keith Newton primeiro Ordinário do Ordinariato Pessoal de Nossa Senhora de Walsingham. O reverendo Newton, juntamente com os reverendos Burnham e Broadhurst, cuidará da preparação catequética dos primeiros grupos de anglicanos na Inglaterra e País de Gales, que na Páscoa serão recebidos na Igreja católica juntamente com os seus pastores, assim como do acompanhamento dos ministros que se estão a preparar para a ordenação ao sacerdócio católico, em proximidade da solenidade litúrgica de Pentecostes.

A normativa desta nova estrutura é coerente com o empenho pelo diálogo ecuménico, que continua a ser uma prioridade para a Igreja católica. A iniciativa que levou à publicação da constituição apostólica e à erecção do Ordinariato pessoal derivou de diversos grupos de anglicanos que declararam partilhar a comum fé católica, como é expressa no Catecismo da Igreja Católica, e reconhecem o ministério petrino como desejado pelo próprio Cristo para a Igreja. Para eles chegou o momento de exprimir tal unidade implícita na forma visível da plena comunhão.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

19 de Setembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS