Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

A Igreja e as mulheres

· História não ideológica de uma relação ·

Papa Francesco e le donne (Milão, Il Sole 24 Ore, 2014, 335 páginas) «é um livro importante – escreve Maurizio Gronchi – ágil na forma, sério nos conteúdos e raro no equilíbrio, no qual duas historiadoras e escritoras experientes como Giulia Galeotti e Lucetta Scaraffia preparam o cenário de uma história não ideológica da relação entre a Igreja e as mulheres, ou seja, os prolegómenos para uma teologia da mulher. Neste contexto adquirem forma histórias de mulheres, aparecem rostos e perfis femininos: bíblicos, medievais e contemporâneos; na literatura, na arte e no dia-a-dia; crentes, religiosas e leigas; na Itália e no mundo. Por fim, a atenção especial ao Papa Francisco sela o cuidado que todos os Papas modernos tiveram pelas mulheres, pela sua emancipação social, cultural e eclesial, à qual contudo ainda não correspondem muitos dos passos concretos almejados. Note-se bem: «O ponto não é o sacerdócio. O ponto é o resto».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

26 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS