Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

A grande revolução é ir às raízes

· Entrevista ao Papa Francisco pelo diário espanhol «La Vanguardia» ·

«Descartamos uma geração inteira para manter um sistema económico que já não se sustém», disse o Papa respondendo às perguntas de Henrique Cymerman, numa entrevista publicada no diário de Barcelona «La Vanguardia» a 13 de Junho e traduzida pelo nosso jornal. A verdadeira revolução, acrescentou o Papa, é ir às raízes, «reconhecê-las e ver o que elas têm para dizer hoje. Não há contradição entre ser revolucionário e ir às raízes. O modo para realizar mudanças é a identidade». Quanto à alergia ao protocolo», disse o Pontífice, «não posso dizer às pessoas que gosto delas permanecendo fechado numa lata de sardinhas», mas nos encontros oficiais é necessário seguir regras, e em tais ocasiões não posso «brincar de Papa pároco, seria imaturo». A pobreza e a humildade, recordou, estão no centro do Evangelho e digo-o num sentido teológico, não sociológico. Não se pode entender o Evangelho sem a pobreza, mas é preciso distingui-la do pauperismo. Não é concebível que os cristãos vivam divididos, «um pecado histórico que devemos reparar». Entre as preocupações do sucessor de Pedro está também a lenda negra que atinge a Igreja e em particular a figura de Pio XII. Às vezes, disse, «tenho um pouco de urticária existencial quando vejo que todos atacam a Igreja e Pio XII», esquecendo as omissões das grandes potências. Uma pessoa que, podendo agir, não se compromete na política pelo bem comum, é egoísta. Grande segredo, ao contrário, sobre a torcida neste Campeonato mundial de futebol: «Os brasileiros – comentou Bergoglio não respondendo explicitamente – pediram-me neutralidade; mantenho a palavra, porque o Brasil e a Argentina sempre foram rivais».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS