Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Glória

· O filme ·

Glória tem cinquenta e oito anos e para fugir à solidão obstina-se ainda a procurar o amor, o prazer e o sexo. É divorciada, tem dois filhos, e a sua busca da felicidade seria natural se não chocasse com um mundo que a rechaça, que a faz sentir fora do tempo. Nem sequer a sua paixão pela dança e o amor por um homem não conseguem dar-lhe o que, alternando esperança e desespero, insiste em procurar. Podem-se viver durante toda a vida as alegrias da juventude? Quando esta já acabou, pode-se aspirar pelas alegrias que se tiveram nos anos precedentes? A inquietação é o sentimento que domina este filme de 2013, do realizador chileno Sebastian Lelio, interpretado por uma magnífica Paulina Garcia. Glória pensa que sim, não tem dúvidas e se as tem, afasta-as juntamente com as recordações e as experiências negativas. Quer aqueles dons de novo, busca a felicidade por caminhos já conhecidos. Quer continuar a sentir prazer, alegria e a brilhar. Não renuncia à vida e ao amor mas, a um certo ponto entende que deverá encontrar outras estradas e uma nova si mesma. Conseguirá? (@ritannaarmeni)

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS