Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Frente comum contra as escravidões

· Ao arcebispo de Canterbury o Papa indica a meta da unidade plena ·

Renovado compromisso de frente comum «contra a chaga do tráfico de seres humanos e contra as diversas formas de escravidão moderna». Reafirmou o Papa Francisco ao receber em audiência na manhã de segunda-feira, 16 de Junho, Sua Graça Justin Welby, arcebispo de Canterbury, primaz da Comunhão anglicana. 

«Quando nos encontrámos pela primeira vez falámos das comuns preocupações e do nosso sofrimento face aos males que afligem a família humana», recordou o Pontífice agradecendo ao primaz «o compromisso que demonstra ao opor-se a este crime intolerável contra a dignidade humana».«Neste vasto campo de acção – acrescentou – foram iniciadas significativas actividades de cooperação quer em âmbito ecuménico, quer com autoridades civis e organizações internacionais. São muitas as iniciativas caritativas surgidas das nossas comunidades e que são guiadas com generosidade e coragem em várias partes do mundo. Penso em particular na rede de acção contra o tráfico das mulheres criada por numerosos institutos religiosos femininos. Comprometemo-nos a perseverar na luta contra as novas formas de escravidão, na esperança de poder contribuir para dar alívio às vítimas e contrastar este trágico comércio. Como discípulos enviados a curar o mundo ferido, dou graças a Deus que nos tornou capazes de fazer face comum a esta gravíssima chaga, com perseverança e determinação».

No encontro, durante o qual teve lugar um momento de oração comum na capela Urbano VIII, o Papa Francisco frisou também como a meta da unidade plena, mesmo se pode parecer um objectivo distante, «permanece sempre a meta rumo à qual devemos orientar cada passo do caminho ecuménico que estamos a percorrer juntos».

O texto integral do discurso do Papa

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

18 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS