Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Ex-ministro libanês assassinado em Beirute

· Cinco vítimas na explosão de um carro-armadilhado ·

O ex-ministro libanês das Finanças, Mohammad Shatah, é uma das vítimas da explosão causada por um carro-armadilhado guiado por um atentador suicida, esta manhã no centro de Beirute. O atentado, que matou pelo menos outras quatro pessoas e provocou cerca de setenta feridos, aconteceu na rua na qual tem sede o Serail, o edifício onde funcionam diversos escritórios governamentais.

O massacre de hoje precede de três semanas a abertura em Haia do processo internacional pelo assassinato de Rafiq Hariri, que tem como imputados contumazes cinco membros do movimento xiita Hezbollah, considerado filo-iraniano. E precisamente a embaixada iraniana em Beirute foi alvo do último atentado antes deste, quando a 19 de Novembro passado um duplo ataque suicida provocou 23 mortos e 150 feridos.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

26 de Fevereiro de 2020

NOTÍCIAS RELACIONADAS