Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Esperanças de uma paz justa e próspera

· ​Entrevista ao cardeal arcebispo de Sarajevo ·

«Este país, depois da guerra dura e sangrenta, ainda não sarou das feridas profundas. Mesmo se o conflito terminou, não se criou um estado de direito capaz de defender cada identidade pessoal, religiosa e étnica. As grandes potências que impuseram o Acordo de Dayton deixaram aos políticos locais a tarefa de construir o futuro; mas eles permaneceram apenas observadores. Isto nunca poderá levar a uma paz estável, justa e próspera». O cardeal Vinko Puljić, arcebispo de Vrhbosna, Sarajevo, não demonstra demasiado optimismo ao apresentar a situação da Bósnia e Herzegovina. Mas esperança sim, muita. Uma esperança que hoje tem o rosto do Papa Francisco. De facto, depois da Albânia, com a visita a Tirana, o Pontífice escolheu novamente entrar na Europa através de outra periferia, de outro país balcânico no qual os muçulmanos representam 40% da população. No sábado, visitará precisamente Sarajevo, cidade com uma recente história dramática, dilacerada por quase quatro anos de guerra de 1992 a 1996, constrangida a um longo e sangrento assédio, em cujo final se contaram doze mil mortos e cinquenta mil feridos.

«O anúncio da visita – explicou o purpurado – pôs a Bósnia e Herzegovina no centro da atenção dos mass media mundiais. Deste modo os políticos nacionais e estrangeiros iniciaram a interessar-se seriamente pelo país e a procurar soluções. Por conseguinte, as pessoas comuns estão muito agradecidas ao Papa pelo gesto de dedicação paterna, que se manifestará com a sua visita como peregrino de paz e defensor do diálogo».

Gaetano Vallini

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

24 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS