Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Em Granma a voz
dos bispos cubanos

· O órgão de partido publica a mensagem para a visita do Papa ·

O Papa Francisco «vem» a Cuba para manifestar a sua proximidade num momento em que, graças à sua mediação, se respira um ar de esperança na vida nacional devido às novas possibilidades de diálogo com os Estados Unidos da América, escrevem os bispos cubanos numa mensagem publicada no site da Conferência episcopal e retransmitida, a seu pedido, pelo site da internet de Granma, órgão do partido de governo. «É muito importante — lê-se — o que ele faz como Pastor universal da Igreja, em busca da reconciliação e da paz entre todos os povos da Terra». O Papa Francisco será o terceiro Pontífice que visitará a ilha caribenha nos últimos 17 anos. Com a viagem que terá lugar de 19 a 22 de Setembro, recordam os bispos, Cuba será o único país do mundo, além do Brasil, com o privilégio de ter sido visitado por três Pontífices.

Entretanto, foi apresentado o emblema da visita pastoral do Papa Francisco à diocese cubana de Holguín, prevista para o dia 21 de Setembro. Trata-se de uma mitra estilizada, com a representação dos elementos identitários e geográficos que pertencem ao território diocesano.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

17 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS