Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Em diálogo com os budistas para construir pontes

· Concluída a visita de D. Ayuso Guixot ao Japão ·

«Aderir a qualquer iniciativa que possa favorecer o diálogo para o bem da humanidade», tendo sempre bem presente cada um a própria identidade mas ao mesmo tempo abertos aos outros com «respeito e estima»: é este o espírito que anima a colaboração entre a Igreja e a organização budista Rissho Kosei-kai (Rkk). Recordou o bispo Miguel Ángel Ayuso Guixot, secretário do Pontifício Conselho para o diálogo inter-religioso na conclusão da visita realizada recentemente ao Japão.

Depois de ter participado numa conferência com os líderes religiosos sobre o Médio Oriente, no dia 15 de maio o prelado encontrou-se com os dirigentes do Rkk com o qual o dicastério mantém relações de colaboração há décadas. Ao reconstruir a história destas relações, o bispo colombiano evocou a participação do fundador Nikkyo Niwano como observador na abertura da quarta sessão do Vaticano II. «Ele – explicou – amava dizer que a única via para salvar o mundo e toda a humanidade é a cooperação entre as religiões».

«Hoje, a nossa colaboração prossegue com o mesmo espírito», disse D. Ayuso Guixot, saudando Nichiko Niwano, o primogénito que sucedeu a Nikkyo, e sua filha Kosho Niwano, co-presidente internacional de Religiões pela paz e membro do conselho de administração do International dialogue centre – Kaiciid.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

15 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS