Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Eliminar o flagelo dos abusos

· Na Irlanda o Papa denunciou a falência da autoridade eclesiástica em enfrentar o grave escândalo ·

E recordou que a família é escola de convivência e de reconciliação para toda a sociedade

Na Igreja é necessário «um maior compromisso» para eliminar definitivamente o «flagelo» dos abusos; e é preciso fazê-lo «a qualquer custo: moral e de sofrimento». Poucos dias após a Carta ao povo de Deus, uma nova severa denúncia dos «crimes repugnantes» dos quais se mancharam membros da comunidade eclesial em relação a menores ritmou os primeiros momentos da viagem do Papa à Irlanda.

Durante o encontro com os representantes do mundo político e civil do país, que teve lugar na manhã de sábado, 25 de agosto, no castelo de Dublin, o Pontífice voltou a expressar «sofrimento» e «vergonha» pelo «grave escândalo», que nos anos passados abalou a Igreja irlandesa. Uma denúncia acompanhada pela admissão da «falência das autoridades eclesiásticas – bispos, superiores religiosos, sacerdotes e outros – em enfrentar de maneira adequada» estes casos e pelo convite a «remediar aos erros do passado» adotando «normas rigorosas tendentes a assegurar que os mesmos não voltem a acontecer».

No primeiro encontro público da visita – cujos momentos mais intensos serão a vigília de oração na noite de sábado e a solene celebração eucarística na tarde de domingo na conclusão do encontro mundial das famílias – Francisco homenageou a antiga história de fé da Irlanda. E reafirmou que a família tem necessidade de ser promovida e tutelada «com qualquer meio», porque constitui «a coesão da sociedade» e indica o caminho para «conviver em harmonia» e «reconciliar as diversidades».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS