Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

A educação é a primeira estratégia ambiental

· O cardeal Rodríguez Maradiaga às duas Pontifícias academias científicas ·

«Considerar a educação ambiental como um requisito urgente, a fim de que os indivíduos, as sociedades e os Estados tomem consciência do significado transcendente» do mundo que nos circunda. 

Esta é «a primeira estratégia ambiental», proposta pelo cardeal Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, presidente de Caritas internationalis, que na manhã de sexta-feira, 2 de Maio, abriu no Vaticano o seminário de trabalho conjunto das Pontifícias academias das ciências e das ciências sociais sobre o tema: «Humanidade sustentável. Natureza sustentável. A nossa responsabilidade».

Na sede da Casina Pio IV, até terça-feira 6 de Maio, estudiosos de todo o mundo confrontar-se-ão sobre o tema. Na jornada inaugural intervieram, por exemplo, o paleoantropólogo Yves Coppens, os economistas Partha Dasgupta, Joachim von Braun e Jeffrey Sachs, o demógrafo Gérard-François Dumont e o prémio Nobel para a química Paul Crutzen. Cientes de que «não existem problemas ambientais individuais, mas uma ampla gama de problemas inter-relacionados», os cientistas que participaram frisaram como algumas destas questões já se estão a apresentar hoje, enquanto outros constituem riscos potenciais para o futuro, que se manifestam em escalas diversas e procedem a diferente velocidades.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

17 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS