Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

A dissuasão nuclear não pode ser base da coexistência pacífica

· ​Mensagem do Papa Francisco à Conferência sobre o impacto humanitário das armas atómicas ·

«A dissuasão nuclear e a ameaça da destruição recíproca assegurada não podem ser a base de uma ética de fraternidade e de coexistência pacífica entre os povos e os Estados», escreve o Papa Francisco na mensagem enviada a Sebastian Kurz, ministro para a Europa, a Integração e os Negócios estrangeiros da Áustria, país que hospeda a terceira Conferência internacional sobre o impacto humanitário das armas nucleares (8-9 de Dezembro). No encontro de Viena participam 157 países e, pela primeira vez, potências nucleares como os Eua e a Grã-Bretanha, que não tinham participado nas Conferências precedentes em Oslo, em 2013 e em Nayarit, no México em Fevereiro deste ano. Na mensagem, que foi lida pelo arcebispo Silvano M. Tomasi, observador permanente da Santa Sé no Departamento da Onu e Instituições especializadas em Genebra, o Pontífice frisou que os jovens de hoje e de amanhã merecem «uma ordem mundial pacífica, baseada na unidade da família humana, fundada no respeito, na cooperação, na solidariedade e na compaixão». Chegou a hora, realçou o Papa, «de contrastar a lógica do medo com a ética da responsabilidade» para «promover um clima de confiança e diálogo sincero», também porque as despesas para os armamentos são um desperdício de recursos que – como recordou Francisco – «seria muito melhor investir nas áreas do desenvolvimento humano integral, da educação, da saúde e da luta contra a pobreza extrema».

Texto original da carta(link ao original em inglês)

Tradução italiana 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

18 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS