Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

A diplomacia procura soluções para o impasse na Síria

· Incerta a participação de importantes autores internos e internacionais na conferência de paz ·

Intensifica-se o duplo compromisso da comunidade internacional sobre as questões diplomáticas e humanitárias da vicissitude síria. Enquanto está em curso a partir de hoje no Kuwait a conferência dos doadores, as chancelarias – comprometidas a tornar possível e eficaz a conferência de paz sobre a Síria convocada para o dia 22 de Janeiro na Suíça, primeiro em Montreux e depois em Genebra – procuram saídas para uma situação de impasse persistente. O risco, contudo, é encalhar no ponto crucial da participação de alguns dos principais sujeitos envolvidos, internos e internacionais.

Também não se resolveram as dúvidas relativas ao Irão e ontem foram difundidas vozes insistentes sobre o facto de que partes consistentes da oposição ao Governo sírio do presidente Bashar Al Assad poderiam desertar a conferência.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

25 de Janeiro de 2020

NOTÍCIAS RELACIONADAS