Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Diálogo espacial


· O Pontífice em ligação com a estação internacional em órbita ao redor da terra ·

Qual é o lugar do homem no universo? Que sentido tem chamar “amor” à força que o move? O que impele uma pessoa a tornar-se astronauta? Como se vive na casa orbital? E quanto é importante a colaboração nas missões? Em síntese foram estas as perguntas que o Papa Francisco formulou à tripulação da Estação espacial internacional em órbita ao redor da terra. No início da tarde de 26 de outubro, do ambiente adjacente à Sala Paulo VI, o Pontífice entrou em contacto com os seis astronautas participantes na expedição n. 53, que teve início em setembro passado e se concluirá em dezembro. Renovando um encontro que também o seu predecessor Bento XVI realizou a 21 de maio de 2011, o Papa Francisco dialogou com Paulo Nespoli, o qual respondeu à primeira pergunta e em seguida foi intérprete dos companheiros para as outras. O engenheiro italiano representa a Agência espacial europeia (Esa) na tripulação comandada por Randolph Bresnik, da Nasa.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

14 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS