Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Diálogo e amizade fraterna

· Mensagem do Papa para a inauguração da cátedra ecuménica de Loppiano intitulada a Atenágoras e a Chiara Lubich ·

O «diálogo» e a «amizade fraterna» entre católicos e ortodoxos são dois dos principais frutos do encontro, ocorrido há cinquenta anos, entre o patriarca ecuménico Atenágoras e Chiara Lubich, realçou o Papa Francisco no telegrama enviado ao grão-chanceler do Instituto universitário Sophia, o cardeal arcebispo de Florença, Giuseppe Betori, por ocasião da inauguração, que será realizada nesta tarde, na cátedra ecuménica internacional intitulada precisamente ao patriarca ortodoxo e à fundadora do movimento dos Focolares. Ao alegrar-se pela «louvável iniciativa» que visa fazer memória daquele encontro, o Pontífice faz os votos a fim de que o instituto universitário de Loppiano, «seguindo o próprio carisma e aberto à ação do Espírito, continue a ser lugar de encontro e de diálogo entre culturas e religiões diversas».

A ideia de uma “cátedra ecuménica”, explica um comunicado dos Focolares, nasceu a 26 de outubro de 2015, quando o instituto universitário Sophia conferiu o primeiro doutoramento honoris causa na Cultura da unidade ao patriarca ecuménico de Constantinopla, Bartolomeu. «Este projeto académico – realça a presidente Maria Voce – representa um momento importante nas relações ecuménicas em curso entre as Igrejas irmãs do Oriente e do Ocidente e abre perspetivas fascinantes para um estudo centrado no diálogo respeitoso, que se prospeta ainda mais enriquecedor no dom recíproco a nível de reflexão teológica e de uma antropologia de comunhão». 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

21 de Janeiro de 2018

NOTÍCIAS RELACIONADAS