Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Declaração do Conselho de cardeais

«Plena solidariedade ao Papa Francisco» e o pedido de «uma reflexão sobre a composição» do Conselho de cardeais, foram expressos pelos próprios purpurados que o compõem, através de uma declaração publicada no final da tarde de 10 de setembro, por ocasião da primeira reunião da vigésima sexta sessão.

Os cardeais conselheiros (c9), lê-se na nota, «dispondo-se a entregar ao Santo Padre a proposta acerca da reforma da Cúria Romana elaborada nos primeiros cinco anos de atividade, em vista do prosseguimento» acharam «por bem pedir» ao Pontífice «uma reflexão sobre o trabalho, a estrutura e a composição do próprio Conselho, tendo em conta inclusive a idade avançada de alguns membros». Além disso, «reafirmaram a plena solidariedade ao Papa Francisco diante de quanto aconteceu nas últimas semanas», cientes de «que no atual debate a Santa Sé está para formular os eventuais e necessários esclarecimentos».

Por fim, o Conselho congratulou-se com o cardeal Kevin J. Farrell e com o Dicastério para os leigos, a família e a vida, que juntamente com o arcebispo Diarmuid Martin, organizaram o nono Encontro mundial das famílias em Dublin, pelo bom êxito do evento.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Setembro de 2018

NOTÍCIAS RELACIONADAS