Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Da Virgem de Caacupé
à Salus populi Romani

Do santuário mariano de Caacupé, onde Francisco renovou o acto de consagração do Paraguai à Imaculada Conceição, à basílica de Santa Maria Maior onde, com um gesto de homenagem à Salus populi Romani, o Pontífice elevou uma oração de acção de graças pelo bom êxito da sua viagem apostólica à América do Sul.

Partindo do Paraguai, o Papa Francisco chegou por volta das 13h40 de 14 de Julho ao aeroporto romano de Ciampino, onde foi recebido, entre outros, pelo substituto da Secretaria de Estado, o arcebispo Angelo Becciu, e pelo regente da Prefeitura da casa pontifícia, padre Leonardo Sapienza. Antes de voltar para o Vaticano, como de costume, o Pontífice visitou a basílica de Santa Maria Maior, onde foi acolhido pelo arcipreste, cardeal Santos Abril y Castelló. O Papa deteve-se por alguns minutos em oração diante do venerado ícone mariano e colocou sobre o altar um pequeno ramo de flores brancas e amarelas. Em seguida, regressou à Domus Sanctae Marthae.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

25 de Junho de 2018

NOTÍCIAS RELACIONADAS