Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

A coragem de dizer não

· Em Caserta o Papa Francisco convidou os fiéis a tutelar a sua terra rejeitando qualquer forma de mal e de violência ·

E exortou-os a viver a festa patronal como pura expressão de fé, livre de qualquer condicionalismo

Acolher Jesus dentro de nós significa ter a coragem de dizer não a qualquer forma de corrupção, ilegalidade, mal e violência. Eis quanto disse o Papa Francisco aos fiéis de Caserta durante a missa celebrada na tarde de sábado, 26 de Julho, na praça Carlos III. 

«Quem se torna amigo de Deus, ama os irmãos, compromete-se para salvaguardar a sua vida e a sua saúde, respeitando o meio ambiente e a natureza – disse o Pontífice. Sei que vós sofreis por causa disto. Hoje, quando cheguei, um de vós aproximou-se e disse-me: Padre, dê-nos a esperança. Mas eu não posso dar-vos a esperança, eu posso dizer-vos que onde está Jesus ali está a esperança; onde está Jesus os irmãos amam-se, as pessoas comprometem-se para salvaguardar a sua vida e a sua saúde, respeitando também o meio ambiente e a natureza. Esta é a esperança que nunca desilude, a que nos dá Jesus! Isto é particularmente importante nesta vossa bonita terra que deve ser tutelada e preservada, exige a coragem de dizer não a qualquer forma de corrupção e de ilegalidade».

Texto integral da homilia do Papa

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

25 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS