Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Comunicado da Secretaria de Estado

O Santo Padre aprovou o seguinte comunicado e dispôs a sua publicação.

Desde o dia 23 de Janeiro estão a multiplicar-se, sobretudo em muitos meios de comunicação italianos, notícias e reconstruções que se referem à questão relacionada com a demissão do director do diário «Avvenire», com a evidente intenção de demonstrar uma implicação na vicissitude do director de «L'Osservatore Romano», chegando a insinuar até responsabilidades  do Cardeal Secretário de Estado. Estas notícias e reconstruções não têm fundamento algum.

Em particular, é falso que responsáveis da Gendarmaria vaticana ou o director de «L'Osservatore Romano» tenham transmitido documentos que estão na base da demissão, a 3 de Setembro passado, do director de «Avvenire»; é falso que o director de «L'Osservatore Romano» tenha dado – ou contudo transmitido ou comprovado de qualquer modo – informações sobre estes documentos, e é falso que ele tenha escrito sob pseudónimo, ou inspirado, artigos noutros jornais.

É evidente pelo multiplicar-se das argumentações e das hipóteses mais incríveis – repetidas na mídia com uma consonância deveras singular – que tudo se baseia em convicções infundadas, com a intenção de atribuir ao director de «L'Osservatore Romano», de modo gratuito e calunioso, uma acção injustificada, irracional e malvada. Isto está a dar lugar a uma campanha difamatória contra a Santa Sé, que envolve o próprio Romano Pontífice.

O Santo Padre Bento XVI, que foi sempre informado, deplora estes ataques injustos e injuriosos, renova plena confiança aos seus colaboradores e reza a fim de que quem se preocupa verdadeiramente pelo bem da Igreja se comprometa com todos os meios para que se afirmem a verdade e a justiça.

Vaticano, 9 de Fevereiro de 2010.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

12 de Dezembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS