Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Como um simples peregrino

Os cubanos que vão em peregrinação ao santuário da Virgem da Caridade do Cobre costumam levar-lhe presentes floreais. No final da tarde de segunda-feira 21 de Setembro, poucas horas depois de ter chegado a Santiago de Cuba – última etapa da viagem à ilha caribenha – o Papa quis unir-se imediatamente a esta tradição. E como um simples peregrino levou a sua homenagem: um bouquet de flores frescas e um vaso de prata com doze rosas com pétalas de cerâmica brancas e amarelas e caules também eles prateados.

O Pontífice convidou todos os bispos da ilha para este momento de oração. Para que desta etapa tipicamente mariana possa reflorescer a devoção popular a Nossa Senhora, no início do ano jubilar para o centenário da proclamação da Virgem da Caridade do Cobre como padroeira de Cuba, inaugurado oficialmente na terça-feira 22.

do nosso enviado Gaetano Vallini

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

19 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS