Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Como se defende a liberdade religiosa

· Mensagem do Papa ao quarto fórum europeu ortodoxo-católico ·

Um apelo pela tutela da liberdade religiosa na Europa e o desejo de que os cristãos do continente europeu saibam sempre «dizer a razão da própria esperança» com «doçura» e «respeito». 

Foi o que o Papa Francisco expressou na mensagem de saudação aos participantes no quarto Fórum europeu católico-ortodoxo que, de 2 a 6 de Junho, está a decorrer em Minsk, capital da Bielo-Rússia, sobre o tema «Religião e diversidade cultural: desafios para as Igrejas cristãs na Europa». Uma iniciativa promovida pelo Conselho das Conferências episcopais da Europa (Ccee), juntamente com o patriarcado ecuménico e de acordo com as Igrejas ortodoxas presentes na Europa. Numa mensagem assinada pelo cardeal secretário de Estado, Pietro Parolin, e enviada ao núncio apostólico na Bielo-Rússia, Claudio Gugerotti, o Papa manifestando o seu apreço pela iniciativa, faz votos de que «os trabalhos favoreçam a consolidação das relações de amizade e comunhão». Em particular, deseja que «na Europa a liberdade religiosa seja tutelada em todos os seus aspectos e que os cristãos sempre possam dizer a razão da sua esperança com doçura, respeito e consciência recta».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

14 de Dezembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS