Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Como filho de migrantes
na nação do melting pot

«Faço questão de o informar que normalmente o nosso jardim não está tão apinhado». Barack Obama usa um gracejo para se dirigir ao Papa Francisco a fim de interromper imediatamente um clima deveras solene no South Lawn da Casa Branca. Mas é também uma forma subtil de sublinhar a homenagem que quis tributar a um hóspede do qual tem uma altíssima consideração e estima, acolhendo-o oficialmente na sua residência com todas as honras.

E, com efeito, na manhã de quarta-feira 23, no jardim da White House tudo estava organizado de forma espectacular. Um magnificência dedicada raramente às personalidades que chegam em visita. No relvado estavam pelotões de todas as forças armadas em alta uniforme e um pequeno grupo de militares com a histórica farda vermelha e branca; outros soldados traziam bandeiras do Vaticano e do Estados Unidos, num tripúdio de cores vivas iluminadas pelo bonito dia de sol. Um quadro que se tornou ainda mais imponente pela presença de mais de quinze mil convidados, distribuídos entre o relvado e as grandes tribunas, também eles com bandeirinhas brancas e amarelas e com estrelas e riscas.

Quando pouco mais tarde, por volta das 9h00, a viatura na qual viajava o Pontífice passou o portão do número 1600 de Pennsylvania Avenue, chegando a South Lawn, elevou-se uma estrondosa e longa salva de palmas. À sua espera estava o presidente com a esposa Michelle, que o acompanharam no pódio, onde se encontrava, à direita, o vice-presidente Joe Biden e o secretário de Estado John Kerry com as respectivas esposas. Estavam presentes também muitas autoridades políticas e civis juntamente com os membros do séquito papal, os cardeais e a presidência da conferência episcopal, assim como os bispos auxiliares de Washington.

do nosso enviado Gaetano Vallini

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

23 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS