Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Comissão para a tutela dos menores

· Instituída pelo Papa Francisco ·

No dia 22 de Março o Papa Francisco instituiu a Pontifícia comissão para a tutela dos menores, anunciada a 5 de Dezembro de 2013, e para fazer parte dela convocou: a doutora Catherine Bonnet (França); a senhora Marie Collins (Irlanda); a professora Sheila Hollins (Reino Unido); o cardeal Seán Patrick O’Malley, o.f.m. cap. (Estados Unidos); o professor Claudio Papale (Itália); a senhora Hanna Suchocka (Polónia); e os sacerdotes Humberto Miguel Yáñez, s.j. (Argentina), e Hans Zollner, s.j. (Alemanha). A tarefa principal da Comissão – que em seguida será integrada por outros membros escolhidos das várias regiões geográficas do mundo – consistirá em preparar os Estatutos que definirão as suas competências e funções. Ela, comentou o director da sala de imprensa da Santa Sé, padre Federico Lombardi, contribuirá «para a missão do Papa de assumir a sagrada responsabilidade de garantir a segurança aos jovens». A este propósito, parece significativa a formação da Comissão, da qual fazem parte quatro mulheres – metade do número total – uma das quais vítima de abusos quando era criança, e à qual foi intitulada a The Marie Collins Foundation, comprometida em primeira linha na luta contra este flagelo na Irlanda.

O Padre Lombardi salientou que a Comissão foi desejada pelo Papa Francisco, «em continuidade com o compromisso já assumido pelos seus predecessores, e depois de ter ouvido o parecer de vários cardeais, outros membros do episcopado e especialistas nesta matéria».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

25 de Fevereiro de 2020

NOTÍCIAS RELACIONADAS