Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Com o estilo de Jeremias

· As perguntas de Bergoglio ·

«Este ano – escreve Dario E. Viganó – foram muitas as exortações de Francisco à Igreja a fim de que se torne disponível à conversão, para que evite a maledicência, a calúnia e os ídolos do dinheiro. 

Exortação à conversão, percurso de reforma pontual e exacta que não se configuram como um acto de acusação mispat que conduz ao juízo e à condenação do culpado. Ao contrário, é uma pedagogia que tem os traços do rib, isto é um processo contraditório que tem como finalidade a consciência do culpado sobre o mal cometido e leva ao perdão.

É o profeta Jeremias que nos ajuda a compreender a dinâmica do rib, da exortação que leva a restabelecer a relação de fidelidade com Deus».

«Deus – acrescenta Viganò – aceita submeter-se ao desejo do homem de ser desejado por Ele. Compreende-se o Evangelho da misericórdia que o Papa Francisco põe continuamente no centro do seu magistério: “Sem diminuir — lê-se na Evangelii gaudium — o valor do ideal evangélico, é preciso acompanhar, com misericórdia e paciência, as possíveis etapas de crescimento das pessoas, que se vão construindo dia após dia”».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS