Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Carta às famílias

· O Papa Francisco pediu para rezar pelas próximas assembleias do Sínodo dos bispos ·

«Queridas famílias, apresento-me à porta das vossas casas para vos falar...». Foi o tom familiar com o qual o Papa Francisco se dirigiu, através de uma carta, a todas as famílias do mundo e lhes pediu para rezar pelo Sínodo dos bispos que, em 2014 e 2015, dedicará duas assembleias precisamente ao tema da família. Isto para evidenciar a consciência de que «a Igreja é chamada a anunciar o Evangelho – escreveu – enfrentando também as novas urgências pastorais relativas à família».

O Santo Padre explicou depois que desejou que estes eventos importantes fossem também ocasião para reflectir juntos sobre a «vossa vocação e missão na Igreja e na sociedade», sobre os «problemas do matrimónio, da vida familiar, da educação dos filhos» e também sobre o «papel das famílias na missão da Igreja».

Em seguida, o Pontífice evidenciou a força unificadora do amor e escreveu: «No vosso caminho familiar, partilhais muitos momentos bons: as refeições, o descanso, o trabalho em casa, a diversão, a oração, as viagens e a peregrinação, as acções de solidariedade... Todavia, se faltar o amor faltará a alegria, e Jesus doa-nos o amor autêntico». Enfim, pediu para rezar pelos padres sinodais a fim de que ajudem a Igreja a realizar um caminho verdadeiro de discernimento e a adoptar os meios pastorais adequados para apoiar as famílias, chamadas a enfrentar os desafios actuais «com a luz e a força do Evangelho». 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

21 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS